Powered by Rock Convert

Ganhar renda passiva por meio da locação de um imóvel é uma ideia bastante tentadora para grande parte das pessoas, até mesmo pela segurança e pela boa rentabilidade que o mercado imobiliário brasileiro vem oferecendo ao longo dos anos. No entanto, você sabia que existem inúmeras razões para você não se envolver na cobrança de aluguel?

O fato é que, na hora de lidar com o inquilino e com os demais problemas que podem surgir ao longo da vigência do contrato, pode ser bastante interessante e extremamente cômodo contar com ajuda, sobretudo de profissionais que realmente entendem do setor. Confira o conteúdo a seguir e descubra por que você deve contratar uma imobiliária para cuidar do aluguel!

1. Dificuldade para alugar

As razões para você não se envolver na cobrança de aluguel começam antes mesmo de você ter, de maneira efetiva, um inquilino. Qualquer um já sabe que, quando se deseja entrar no mercado de locação, além de deixar o imóvel dentro de boas condições de habitabilidade, você também precisa achar alguém para locá-lo.

Por mais que você tenha uma excelente propriedade, com características nobres e em consonância com a Lei do Inquilinato, essa nem sempre é uma tarefa simples, pois é fundamental encontrar alguém de confiança e que esteja disposto a pagar os valores estabelecidos, inclusive no que tange os impostos e despesas ordinárias.

2. Realização de análise cadastral

Como vimos no tópico anterior, achar alguém para alugar o seu imóvel pode ser um grande desafio, sobretudo se você estiver em busca de um perfil mais seguro para a relação de contrato. Sendo assim, realizar uma análise cadastral é imprescindível e essa é, definitivamente, outra das razões para você não se envolver nesses trâmites.

Uma imobiliária com expertise no mercado e profissionais capacitados faz isso sem grandes dificuldades, solicitando documentos básicos dos locatários em potencial e avaliando se eles estão inadimplentes ou apresentam problemas de pagamento no seu histórico. Você terá a comodidade e a segurança para receber o seu dinheiro no final do mês.

3. Busca por soluções

Mesmo com uma boa análise cadastral, é possível que haja algum problema durante a vigência do contrato de locação. Afinal, as relações humanas são imprevisíveis e nem sempre é fácil manter a calma com as outras pessoas, especialmente se elas não estiverem cumprindo o que foi previamente acordado e isso esteja causando prejuízos.

Algumas vezes, o atraso no aluguel pode ser em decorrência de uma crise econômica ou problemas financeiros particulares, mas é muito mais eficaz deixar que profissionais resolvam essa questão. Eles conhecem todas as possibilidades e estarão dispostos a encontrar uma solução positiva para ambos os lados.

4. Envio de notificações

Antes de chegar a uma etapa mais avançada da cobrança em caso de atrasos no aluguel ou do descumprimento de alguma cláusula do contrato de locação, como o pagamento de impostos ou a manutenção de algum espaço, existem alternativas para tentar reverter o quadro, como o envio de avisos e notificações oficiais.

Esses itens ajudam não apenas a buscar uma solução, como também servem de respaldo para uma eventual disputa judicial. Isso ajuda, por exemplo, na eliminação de problemas caso o tribunal precise ser acionado.

5. Cobrança de multas

A etapa seguinte ao envio de avisos e notificações costuma ser a cobrança de multas, de acordo com o que foi estabelecido no contrato. Mas você saberia fazer isso da maneira adequada, por conta própria? É bem provável que não e, sem sombra de dúvidas, essa é outra das inúmeras razões para você não se envolver na cobrança de aluguel.

A Lei do Inquilinato não determina uma porcentagem para esse valor, mas a prática mais recorrente é de que seja aplicada uma pena igual a 10% do valor da dívida. A questão de conceder descontos ou até mesmo isenção requer cuidados e um profissional especializado pode ser muito importante nesse momento.

6. Ação de despejo

É muito incomum que uma ação de despejo seja feita sem problemas ou dores de cabeça para o proprietário, mas essa é a atitude a ser tomada quando a situação não tem mais a possibilidade de ser resolvida de uma maneira simples. Esse direito é assegurado pela nossa legislação, garantindo a integridade e a segurança do imóvel.

Entretanto, para que isso seja feito de uma forma eficiente, a expertise pode ser, mais uma vez, um excelente diferencial. A consultoria dos profissionais de uma imobiliária ajuda a saber como proceder, como por exemplo, esperar no máximo sessenta dias após o inadimplemento para o ingresso da solicitação da saída.

7. Discussão sobre reajuste

Nem só de inadimplência vive o proprietário e é muito comum também que, em uma relação de locação profícua para os dois lados, haja interesse mútuo na renovação do contrato. Logicamente, com o passar do tempo, os valores ficam defasados e é preciso negociar, de forma que se chegue a um consenso.

Para boa parte das pessoas isso não é muito simples de ser feito e falar sobre dinheiro pode ser um tanto quanto desagradável. Um profissional da área, por outro lado, saberá informar que os reajustes podem ser feitos uma vez por ano, de acordo com um índice denominado IGPM (Índice Geral de Preços Mercado).

8. Garantias e seguro aluguel

As garantias locatícias são um item muito importante nas relações de aluguel formadas em todo o território brasileiro e servem para trazer mais tranquilidade para os proprietários. Há muito tempo, a mais utilizada era a do fiador, mas esse cenário vem mudando e novas alternativas estão ganhando popularidade.

O seguro aluguel, por exemplo, é bastante interessante e garante que o locador receba os aluguéis e encargos vencidos que não foram pagos pelo inquilino. Algumas imobiliárias oferecem apoio jurídico em caso de muitos meses de atraso.

Como você pôde ver ao longo desse conteúdo, realmente existem muitas razões para você não se envolver na cobrança de aluguel e, para ter mais segurança e tranquilidade, é interessante buscar ajuda profissional nesse momento!

Ficou interessado em contar com ajuda de quem realmente entende desse segmento? Então entre em contato com a nossa empresa!